O Galo
Blog da Concelhia de Barcelos do Partido Comunista Português
02
Nov 17

 

A 7 de Novembro de 1917 o proletariado russo guiado pela vanguarda do Partido Bolchevique e armado pela teoria revolucionária marxista, com o notável contributo de Lénine, chega ao poder pela revolução vitoriosa – Revolução de Outubro -, agarra o destino e lança as bases da sociedade socialista num país arrasado pela guerra imperialista (1ª Guerra Mundial), com um povo massacrado, pela exploração, repressão, analfabetismo, fome, miséria e morte. O mundo foi abalado.

 

 

A Revolução de Outubro é o grande acontecimento do processo histórico de emancipação dos explorados, dos oprimidos, do proletariado e do povo, que ao longo da história conheceu avanços e recuos, na luta contra o esclavagismo, o feudalismo e o capitalismo.

 

A Revolução de Outubro que desde a 1ª hora resistiu e superou boicotes, sabotagens, intervenções do imperialismo, guerra civil, bloqueio económico, alicerçada num proletariado experimentado e no Partido Bolchevique organizado e preparado ideologicamente – marxismo-leninismo-, para assumir a liderança da luta das massas, transformou as aspirações do povo em realidade, alcançando feitos pioneiros no mundo.

 

A União Soviética foi o primeiro país a desenvolver o Estado Social ao serviço dos trabalhadores e do povo: o direito ao trabalho; 8 horas de trabalho diário; férias pagas; igualdade de direitos de homens e mulheres na família e no trabalho; direitos e protecção na maternidade; o direito à habitação; assistência médica e educação gratuitas; segurança social universal.

 

Em pouquíssimo tempo a URSS, até então quase feudal, alcançou um significativo avanço industrial e agrícola, erradicou o analfabetismo e universalizou a escola e o desporto, eliminou o desemprego e tornou-se um farol para todos os trabalhadores e povos pelo desenvolvimento de uma sociedade justa, na busca da paz, alcançando um enorme prestígio pelo papel decisivo na derrota do nazi-fascismo, obrigando o capitalismo a recuar na intensificação da guerra, repressão e exploração cedendo à resistência e reivindicação dos trabalhadores e do povo.

 

O fim da URSS e as consequentes derrotas do socialismo tiveram um impacto negativo na correlação de forças mundial e na luta pelo socialismo. Ao contrário do que afirmou o capitalismo o fim da URSS implicou profundos retrocessos políticos, económicos, sociais e culturais, a situação actual expõe a natureza exploradora, opressora e predadora do capitalismo, incapaz de resolver as contradições, atira os trabalhadores e os povos do mundo para a fome, a miséria, a guerra e a morte.

 

Lembrar a Revolução de Outubro, defender os seus valores, na luta pelo socialismo assume hoje uma necessidade fundamental e urgente, na defesa da emancipação dos trabalhadores, na preservação do ambiente, na promoção da paz, na protecção da humanidade. A Revolução de Outubro é cada vez mais actual e urgente na construção de um projecto de futuro: o Socialismo.

 

Barcelos, 30 de Outubro de 2017

Mário Figueiredo – militante do Partido Comunista Português

 

 

c3a9-essa-kkkc2b4c2b41.jpg

 

publicado por pcpbarcelos às 19:26
pesquisar neste blog
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
arquivos
Visitantes
contador de visitas gratis
links